Carregando...
— Notícias

Live EducaMídia fala sobre a urgência da educação midiática com Alexandre Sayad

Foto de João Costa
Autor João Costa Jornalista Sobre o autor

Por conta da MIL Week 2020, a Semana Global de Educação Midiática da UNESCO, diversas ações mundo afora promoveram a conscientização em torno do tema. A live do...

Imagem de destaque do post

Por conta da MIL Week 2020, a Semana Global de Educação Midiática da UNESCO, diversas ações mundo afora promoveram a conscientização em torno do tema.

A live do EducaMídia não poderia ficar de fora. Para falar da urgência da educação midiática na sociedade em que vivemos, o programa recebeu o educador Alexandre Sayad, le co-chairman internacional da Gapmil da UNESCO e conselheiro do próprio EducaMídia.

A live foi ao ar na última quinta-feira, dia 29, conduzida por Daniela Machado, uma das coordenadoras da iniciativa. A live, que é semanal, vai ao ar às quintas-feiras no Facebook e Youtube.

Educação midiática
Alexandre Sayad ressaltou a importância da MIL Week, afirmando que se trata de um evento criado pela UNESCO com o propósito de fomentar a semana de educação midiática e informacional no mundo.

Ele lembrou que o evento se tornou algo oficial em 2015, na Filadélfia, nos Estados Unidos, e que  de 2017 para 2018 houve um importante avanço com a inserção da semana no calendário da  Organização das Nações Unidas (ONU). “Mas foi só a partir do ano de 2019 que a MIL Week ficou oficializada de vez, com a aprovação dos países membros”, explicou.

Daniela Machado complementou que isso mostra o reconhecimento de que o assunto é da mais alta relevância e urgência. “O tema deste ano é Alfabetização Midiática e Informacional para Todos e por Todos, tendo como foco o combate a desinformação numa perspectiva de que isso é tarefa de todos nós”, lembrou.

Na avaliação de Sayad, a alfabetização midiática e informacional converge com o avanço tecnológico, muito embora a junção destes dois temas ainda seja alvo de muitas críticas dentro do mundo acadêmico.

Desinformação
Sayad disse perceber que o tema desinformação tem ganhado expressividade e que a MIL Week é a consolidação disso. “Nos países mais desenvolvidos o tema é discutido de maneira mais pragmática, ao passo que em países subdesenvolvidos como o Brasil ainda há uma dificuldade na compreensão de textos, o que a rigor, exige dos educadores o desafio de se fazerem entendidos por meio da criatividade”, afirmou.

Para ele, é preciso lembrar que, para se desenvolver nas diferentes sociedades, a educação midiática depende de outros fatores para além da escola e da tecnologia.

Recursos
Para acompanhar os eventos da Global Mil Week, clique aqui.

Para assistir ao vídeo com Alexandre Sayad e Daniela Machado na íntegra, clique aqui.

Foto de João Costa

João Costa

Jornalista

Jornalista, desenvolve um trabalho com o propósito humanitário por meio da: "Filosofia da Evolução das Relações Humanas”.

Voltar ao topo
FAÇA
PAR—
TE

Venha para nossa rede de educação midiática!
Fique por dentro das novidades

Receba gratuitamente nossa newsletter

Siga nossas redes sociais

Que tal usar nossa hashtag?

#educamidia

Utilizamos cookies essenciais para proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de privacidade.

Política de privacidade