Carregando...
— Aprenda e Aplique

Glossário

Seleção de termos e palavras que ajudam a entender o universo da informação e a sociedade conectada em que vivemos. Aqui você também encontra perguntas disparadoras de reflexão relacionadas aos principais verbetes.

Apuração jornalística

Uma das etapas do processo jornalístico. Nela, o repórter coleta informações e documentos, faz entrevistas e busca qualquer outro tipo de conteúdo que possa servir para a elaboração de uma reportagem. Para refletir:

  • Como garantir a credibilidade das informações levantadas pelo jornalista na apuração?
  • Como o processo de apuração do jornalista pode ser útil no nosso dia a dia?

Bolha informacional/bolha de informação

Ambiente, especialmente online, em que as pessoas são expostas apenas a informações e opiniões que confirmam aquilo em que já acreditavam. A bolha informacional é um viés construído pelos algoritmos a partir de nossos hábitos e pesquisas na internet. Para refletir:

  • Quais são os prós e contras dos filtros que criam bolhas de informação?
  • É possível romper as bolhas de informação? Como?

Blog

Canal de comunicação na internet, que permite atualização rápida. Originalmente o termo era associado a uma espécie de “diário” na rede. Para refletir:

  • Você tem ou acompanha algum blog? Se sim, o blog publica fatos, opiniões ou qual outro tipo de conteúdo?
  • Como você faz para avaliar a qualidade das informações de um blog?

Caça-cliques (click-bait)

Conteúdo produzido com o objetivo de ganhar cliques na internet. Geralmente aparece sob a forma de títulos chamativos ou sensacionalistas, que despertam a curiosidade e aumenta o número de acessos a um determinado site. Para refletir:

  • Você já clicou em títulos chamativos na internet e depois se decepcionou com o conteúdo? Se sim, relate algum caso.
  • Você já tentou chamar a atenção para algo que postou nas redes sociais com um título ou foto chamativo/sensacionalista? Por quê?

Câmara de eco (echo chamber)

Situação em que ideias, opiniões e crenças são reforçadas pela repetição dentro de um grupo. A expressão é uma alusão à câmara de eco acústica, em que os sons reverberam dentro de uma caixa oca. Nesses ambientes, pontos de vista diferentes não têm vez: são pouco representativos ou mesmo removidos. Para refletir:

  • Você costuma ter suas opiniões e comentários questionados nas redes sociais?
  • Você identifica algum tipo de câmara de eco nos grupos de que participa? Quais?

Checagem de informações (fact-checking)

Método jornalístico para verificar se uma determinada informação é confiável. Nas agências de checagem, os jornalistas pesquisam como a informação surgiu e de que maneira pode ser confirmada -- a partir daí, costumam criar “selos” para classificá-la em categorias como 'verdadeira', 'falsa', 'exagerada', 'desatualizada', 'fora de contexto' etc. Para refletir:

  • Como você reage ao receber uma informação em um grupo no WhatsApp que parece ser duvidosa? E se for claramente falsa?
  • Você já compartilhou informações que depois descobriu serem incorretas? O que você fez ao descobrir?

Click-bait (caça-cliques)

Conteúdo produzido com o objetivo de ganhar cliques na internet. Geralmente aparece sob a forma de títulos chamativos ou sensacionalistas, que despertam a curiosidade e aumenta o número de acessos a um determinado site. Para refletir:

  • Você já clicou em títulos chamativos na internet e depois se decepcionou com o conteúdo? Se sim, relate algum caso.
  • Você já tentou chamar a atenção para algo que postou nas redes sociais com um título ou foto chamativo/sensacionalista? Por quê?

Cookies

Arquivos que armazenam temporariamente o que está sendo feito por nós na internet, como o endereço de email, os termos pesquisados no Google, a cidade de onde a rede está sendo acessada etc. Para refletir:

  • Você costuma limpar os cookies de seu computador, tablet ou celular? Com que frequência e por quê?
  • Quais são os riscos dos cookies?

Conteúdo patrocinado (branded content)

Publicidade feita a partir da criação de algum conteúdo jornalístico ou de serviço para “empacotar” o produto, a marca ou o conceito que se deseja anunciar. Tem o propósito de contextualizar o produto, alinhando-o ao estilo de vida ou interesses de seu público. Para refletir:

  • Você já leu algum conteúdo sem perceber que era publicidade? Como você se sentiu ao descobrir?
  • O que você acha da publicidade feita por influencers nas redes sociais, como de marcas de roupa, maquiagem, hotéis etc?

Copyleft

Direito de distribuir gratuitamente cópias e versões modificadas de trabalhos, desde que os mesmos direitos sejam preservados nos trabalhos criados a partir dos originais. É o oposto do copyright.

Copyright

Direito exclusivo do autor, compositor ou editor de imprimir, reproduzir ou vender sua obra literária, artística ou científica. Também chamado de direito autoral.

Curadoria

Processo de seleção e organização de conteúdos. Funciona como uma espécie de “filtro” de qualidade aplicado sobre um conjunto muito extenso de opções.

Cyberbullying

Prática da intimidação, humilhação, perseguição ou difamação de alguém por meio de ambientes virtuais, como redes sociais. O poder de agressão e constrangimento do cyberbullying é imenso por conta do alcance e da velocidade com que se propaga na internet.  Para refletir:

  • Você se sentiria compelido a intervir se visse alguém sendo alvo de preconceito ou intimidação na rua? E na internet? Por quê?
  • O que pode ser feito na escola para combater os diversos formatos de bullying? E fora da escola?

Dark web

Área da internet que não pode ser encontrada pelos métodos tradicionais (sistemas de busca ou endereço do site). Para acessar um site “dark” é necessário usar softwares, configurações e autorizações especiais e, por isso, esse é um ambiente propício para o anonimato e para abrigar conteúdos controversos.

Desinformação

Conteúdo falso, impreciso, tendencioso, distorcido ou fora de contexto, criado de forma intencional ou não. Para refletir:

  • Que procedimentos você segue para ter certeza de que uma informação é confiável?
  • Na sua opinião, que iniciativas podem ajudar a combater a desinformação?

Deep fake (mídia sintética)

Desinformação sofisticada e altamente convincente produzida a partir de recursos tecnológicos avançados, como Inteligência Artificial e videomapping. Como exemplo, vídeos digitalmente manipulados em que a boca ou o rosto de uma pessoa parecem transmitir, de forma muito convincente, algo que na verdade foi dito por outra pessoa (com sincronização de movimentos labiais e expressões).

Discurso de ódio (hate speech)

Tom ameaçador, abusivo ou preconceituoso adotado contra um determinado grupo, principalmente em ambientes online, como redes sociais. Pode aparecer sob a forma de ataques baseados em raça, religião, orientação sexual e dificuldades física ou mental. Para refletir:

  • Quaisquer comentários negativos podem ser considerados discurso de ódio? Por quê?
  • O que leva alguém a fazer um comentário ameaçador ou abusivo nas redes sociais?

Edição

Processo de organização de textos, fotos ou vídeos durante a criação de mídias. Parte de uma material amplo até chegar à versão final, que será apresentada ao público. Pressupõe recortes e escolhas por parte do editor.  Para refletir:

  • Qual é a diferença entre editar e manipular uma informação?
  • O mesmo fato pode ser noticiado com títulos e linguagens diferentes. Qual o impacto que isso tem sobre os leitores?

Editoria

Seção de um jornal ou veículo de comunicação que trata de um tema específico, geralmente com equipe própria. São exemplos de editoria: 'Política', 'Esportes', 'Economia', 'Educação', 'Cidades', 'Notícias Internacionais', 'Cultura' etc. Para refletir:

  • Você acha útil que as informações jornalísticas estejam identificadas por editoria? Por quê?
  • Qual a relevância de os jornais e demais veículos de comunicação contarem com equipes específicas para acompanhar diferentes assuntos (nas editorias)?

Editorial

Texto de opinião apresentado pelo editor-chefe de um veículo de mídia, ou assinado pela empresa. Expressa a opinião do editor ou a posição institucional da empresa jornalística.  Para refletir:

  • Você acha importante que os jornais ou demais veículos de comunicação assumam sua posição em temas polêmicos? E no apoio a um ou outro candidato nas eleições?
  • Você costuma acompanhar os editoriais de jornais e demais veículos de comunicação? Por quê?

Educação midiática

Conjunto de habilidades para acessar, analisar, criar e participar de maneira crítica do ambiente informacional e midiático em todos os seus formatos -- dos impressos aos digitais --, como requisito fundamental para a formação do cidadão e para o fortalecimento da democracia. Para refletir:

  • Como podemos nos preparar para ler e produzir informações com responsabilidade?
  • Qual é o nosso papel na construção de um ambiente informacional mais saudável, sem desinformação, discursos de ódio etc?

Fact-checking (checagem de informações)

Método jornalístico para verificar se uma determinada informação é confiável. Nas agências de checagem, os jornalistas pesquisam como a informação surgiu e de que maneira pode ser confirmada -- a partir daí, costumam criar “selos” para classificá-la em categorias como 'verdadeira', 'falsa', 'exagerada', 'desatualizada', 'fora de contexto' etc. Para refletir:

  • Como você reage ao receber uma informação em um grupo no WhatsApp que parece ser duvidosa? E se for claramente falsa?
  • Você já compartilhou informações que depois descobriu serem incorretas? O que você fez ao descobrir?

Fake news

Informação falsa produzida com a intenção de enganar. As fake news tentam “pegar carona” na credibilidade de veículos jornalísticos conhecidos e, geralmente, são divulgadas por canais que tentam imitar o visual, o nome e/ou o slogan de jornais sérios. O uso do termo tem sido criticado por pesquisadores depois que começou a ser usado como sinônimo para “toda e qualquer informação que me desagrada ou contraria”. Para refletir:

  • Quais impactos uma fake news pode ter sobre a sociedade?
  • O que você faz ao se deparar com uma fake news na rede social de um amigo?
  • Uma opinião pode ser considerada fake news? Por quê?

Fonte

Portadores de informação consultados pelos jornalistas para elaborar reportagens. Podem ser autoridades, especialistas ou mesmo documentos, dados e gráficos. As fontes transmitem as informações aos repórteres e, no caso de pessoas, podem ou não ser identificadas (quando a identidade da fonte é preservada, para evitar retaliações, por exemplo, chamamos de fonte ‘em off’). Para refletir:

  • Você procura identificar as fontes de informação ao ler, ouvir ou assistir uma reportagem? Como?
  •  Quais são as características que uma fonte confiável precisa ter?

Jornalismo

Atividade de busca e divulgação de informações de interesse público. O trabalho do jornalista atende alguns protocolos ou regras, como confirmação de dados com fontes qualificadas, autoria conhecida e responsabilidade por aquilo que está sendo informado. Para refletir:

  • Como você se mantém informado sobre o que acontece em sua comunidade, cidade ou país?
  • Qual a sua reação ao acessar uma informação aparentemente importante, mas de origem desconhecida?

Jornalismo cidadão

Informações coletadas por cidadãos e divulgadas em canais próprios ou enviadas aos veículos de mídia para verificação e publicação. São exemplos os eventos noticiosos capturados em vídeos por leitores. Para refletir:

  • Você acha que a população pode ajudar a enriquecer o trabalho dos jornalistas? Como?
  • As informações, imagens ou áudios disseminados por cidadãos podem ser considerados jornalismo? Por quê?

Hipertexto

Forma de escrita e leitura não-linear, que permite acesso ilimitado a outros textos por meio de links. Para refletir:

  • Você costuma clicar em todos os links apresentados em um texto que esteja lendo? Por quê?
  • Na sua opinião, a sugestão de links como referências adicionais a um texto mais ajudam ou atrapalham sua compreensão? Por quê?

Hoax

Boato ou embuste. Com a internet, esse tipo de conteúdo fraudulento tem poder de circular rapidamente e alcançar um grande número de pessoas.

Influenciadores digitais (influencers)

São pessoas com muitos seguidores nas redes sociais e, portanto, com capacidade de influenciar comportamentos e potenciais compradores de um produto ou serviço, promovendo ou recomendando os itens. Para refletir:

  • Você costuma seguir contas de personalidades nas redes sociais? Por quê?
  • Você acha que um influenciador deve deixar claro quando está recebendo (em dinheiro, produtos ou serviços) para promover algo? Por quê?

Lei de acesso à informação

Lei que assegura o direito de acesso a informações produzidas ou armazenadas por órgãos e entidades dos três poderes (Executivo, Judiciário e Legislativo) e de todas as esferas do governo (União, Estados e municípios). Estabelece que o governo deve fornecer informações requeridas pelos cidadãos em prazos determinados, além de publicar espontaneamente informações de interesse coletivo.

Liberdade de expressão

Direito fundamental do ser humano de expressar e compartilhar suas opiniões e ideias sem temer retaliação ou censura de qualquer natureza. No Brasil, a liberdade de expressão é garantida pelo artigo 5° da Constituição Federal. Para refletir:

  • Há limites para a liberdade de expressão? Quais?
  • Como definir a fronteira entre liberdade de expressão e discurso de ódio?

Lide (lead)

Trecho de abertura de uma informação jornalística. Tem como objetivo resumir o que de mais importante está sendo tratado e atrair o interesse do público para continuar lendo, assistindo ou ouvindo aquela informação.

Live

Transmissão ao vivo de vídeos, geralmente em plataformas digitais e redes sociais. Para refletir:

  • Você costuma acompanhar transmissões ao vivo nas redes sociais? Que assuntos lhe interessam?
  • Você considera importante reagir às transmissões ao vivo, por meio de emojis que surgem na tela? Por quê?

Meme

Ideia ou conceito que circula com rapidez pela internet, geralmente de forma visual e com tom de humor. Tem o potencial de ser remixado. Para refletir:

  • Você já criou um meme? Se sim, que imagem utilizou?
  • Um meme pode ser perigoso? Por quê?
  • Se um meme compromete a imagem de uma pessoa pública ou uma marca, você o divulgaria? E se for um político?

Mídias

Canais de comunicação de uma informação ou mensagem. Podem ser revistas, livros, internet, rádio, TV, panfletos, fotografias, imagens, filmes etc.

Navegação anônima

Recurso dos navegadores de internet que permite acessar sites sem deixar rastros, como o histórico de navegação ou arquivos temporários, no computador que está sendo utilizado naquele momento.      

Notícia 

Tipo de informação que atende alguns requisitos específicos, como ser inédita, incomum, impactante ou de interesse de uma grande parte da sociedade.  

Pauta

Relação de assuntos ou temas que nortearão o trabalho jornalístico. Em geral, a pauta é definida em uma reunião a partir da qual o jornalista começará a executar seu trabalho de apuração e checagem.

Pegada digital (rastro digital)

Conjunto de dados e informações registrados a cada clique nosso na internet. Informações sobre nosso perfil e preferências coletados a partir de sites visitados, postagens em redes sociais, compartilhamentos, curtidas etc.

Phishing

Tipo de armadilha ou fraude virtual, com o objetivo de “pescar” informações e dados pessoais importantes (como nomes de usuário e senhas) através de mensagens falsas.

Pirâmide invertida

Técnica para estruturar o texto jornalístico. As informações mais relevantes devem aparecer logo no início (o que aconteceu, quando, como, onde e por quê). Na sequência são apresentados detalhes importantes e só depois surgem outras informações gerais e contexto.   

Pós-verdade (post-truth)

Situação em que fatos objetivos têm menos importância na formação da opinião pública do que crenças pessoais ou mensagens que apelam para a emoção. Em 2016, foi escolhida como “a palavra do ano” pelo dicionário britânico Oxford.

Podcast

Arquivo digital de áudio. Funciona como um programa de rádio, mas tem a vantagem de não precisar ser ouvido em um horário pré-definido. Pode ser escutado num site, numa plataforma de música ou em aplicativos exclusivos para podcast no celular.

Rastro digital (pegada digital)

Conjunto de dados e informações registrados a cada clique nosso na internet. Informações sobre nosso perfil e preferências coletados a partir de sites visitados, postagens em redes sociais, compartilhamentos, curtidas etc.

Rede social

Sites ou aplicativos que permitem se conectar a uma rede de usuários, além de criar e compartilhar conteúdo em diversos formatos (fotos, vídeos, textos). É também um canal pelo qual é possível participar de uma “comunidade virtual”. Para refletir:

  • Você está em alguma rede social? Quais? Por quê?
  • Quem são as pessoas ou canais que você costuma acompanhar?
  • Você costuma publicar com frequência nas redes sociais? Qual tipo de conteúdo?

Representação

Linguagem e imagem pelas quais os textos de mídia abordam assuntos ligados a gênero, idade, etnia, identidade nacional e regional. Os textos de mídia têm o poder de moldar o conhecimento e a compreensão de um público sobre esses tópicos. Para refletir:

  • De que maneira jornalismo, filmes, novelas, games e anúncios podem influenciar a maneira como enxergamos o outro?
  • De maneira geral, você se sente representado no noticiário, filmes, novelas e anúncios? Por quê? 
 

Sensacionalismo

Forma chamativa e muitas vezes exagerada de apresentar uma informação, com o objetivo de vender algo, ganhar a atenção do público e gerar cliques, por exemplo.

Selfie

Fotografia, geralmente digital, que uma pessoa tira de si mesma, como um autorretrato. Também vale para fotos em grupo. Para refletir:

  • Por que você acha que as selfies tornaram-se tão populares? 
  • O que você pensa sobre a prática de editar selfies com filtros embelezadores antes de postá-los?
 

URL

Endereço de um site na internet. É a abreviação do termo em inglês Uniform Resource Locator.

Veículo de comunicação

Empresa jornalística que divulga notícias, como as emissoras de rádio e TV, os jornais, os sites noticiosos e as revistas.

Viés de confirmação

Tendência a apreciar, lembrar e acreditar no que confirma nossas crenças ou ideias preestabelecidas em detrimento do que confronta nossos conceitos. 

Viral

Aquilo que é divulgado e compartilhado por muita gente e ganha ampla repercussão na internet. É um termo relacionado à palavra ‘vírus’, também usado como verbo (exemplo: “a foto viralizou nas redes sociais”). Para refletir:

  • Você já compartilhou algum conteúdo viral? Por quais motivos?
  • O fato de algum conteúdo ter viralizado é bom ou ruim? Por quê?
  • Em sua opinião, quais são as principais características que um conteúdo precisa ter para viralizar?

FAÇA
PAR—
TE

Venha para nossa rede de educação midiática!
Fique por dentro das novidades

Receba gratuitamente nossa newsletter

Siga nossas redes sociais

Que tal usar nossa hashtag?

#educamidia