Carregando...
— Colunas e Artigos

6 dicas para otimizar as pesquisas dos seus alunos na internet

Foto de Mariana Mandelli
Autor Mariana Mandelli Coordenadora de comunicação Sobre o autor

Em tempos de aulas remotas por conta da pandemia do novo coranavírus, as atividades online consequentemente cresceram de modo exponencial. Para os alunos e alunas que têm acesso...

Imagem de destaque do post

Em tempos de aulas remotas por conta da pandemia do novo coranavírus, as atividades online consequentemente cresceram de modo exponencial. Para os alunos e alunas que têm acesso à internet, já que sabemos que essa não é a realidade de grande parte dos estudantes brasileiros, pesquisar na rede para contribuir com as discussões provocadas pelos professores é comum.

No entanto, usar os buscadores pode ser um pouco mais complexo do que parece. Não se trata apenas colocar o tema pedido na caixa em branco do site e apertar “enter”. Afinal, tomar as devidas precauções com os termos pesquisados e os resultados mostrados é ser educado midiaticamente e esse é um processo no qual a escola precisa apoiar o alunado.

Essas seis dicas servem para educadores, estudantes e quem mais quiser otimizar suas buscas no mundo digital. Vamos lá:

1) Palavra-chave

Discuta com seus alunos e alunas quais são os melhores termos ou palavras para pesquisar determinado assunto. Quais deles têm a ver diretamente com o tema buscado e podem chegar mais rápido e de maneira qualificada aos resultados esperados?

2) Quem fala o quê

É importante promover debates sobre fontes adequadas e fontes oficias para falar de casa assunto, especificando as diferenças entre elas. Quem tem autoridade para ser ouvido sobre cada tema e por quê?

3) And/or

Ensine buscas que tenham mais de uma palavra-chave, separando-as por “and” para resultados com ambas ou por “or” se desejar apenas uma ou outra. Os termos significam “e/ou” em português, mas devem ser usados em inglês para filtrar as pesquisas no Google.

4) Busca avançada

Incentive os estudantes a explorar os recursos da busca avançada, como por exemplo pesquisar somente por URL ou excluindo palavras. Observar os diferentes resultados que essas especificidades mostram é um bom exercício.

5) Primeiros resultados

Ressalte que a primeira posição que aparece nos buscadores pode ser de uma publicidade – ou seja, de alguém que pagou para estar ali e, portanto, muitas vezes não serve para a pesquisa.

6) Aspas

Mostre aos alunos e alunas as outras opções de busca avançada, como uma citação entre aspas para pesquisar um trecho literal de um livro ou documento, por exemplo.

Foto de Mariana Mandelli

Mariana Mandelli

Coordenadora de comunicação

Mariana Mandelli é coordenadora de comunicação do Instituto Palavra Aberta.

Voltar ao topo
FAÇA
PAR—
TE

Venha para nossa rede de educação midiática!
Fique por dentro das novidades

Receba gratuitamente nossa newsletter

Siga nossas redes sociais

Que tal usar nossa hashtag?

#educamidia