Carregando...
— Notícias

Live EducaMídia discute como avaliar projetos de mídia

Foto de João Costa
Autor João Costa Jornalista Sobre o autor

A educação midiática é o conjunto de habilidades para acessar, analisar, criar e participar de maneira crítica do ambiente informacional e midiático em todos os seus formatos, dos...

Imagem de destaque do post

A educação midiática é o conjunto de habilidades para acessar, analisar, criar e participar de maneira crítica do ambiente informacional e midiático em todos os seus formatos, dos impressos aos digitais, como requisito fundamental para a formação do cidadão e para o fortalecimento da democracia. Mas como avaliar projetos educativos nessa área? Foi pensando nisso que o EducaMídia promoveu uma ampla discussão sobre o tema na sua live quinzenal.

A live foi ao ar na última quinta-feira, dia 25/11, conduzida por Mariana Ochs, uma das coordenadoras do EducaMídia.

Educação midiática
Mariana ressaltou, logo no início da live, a relevância de se criar processos de aprendizagem baseados na investigação, que valorizem a criatividade e a autonomia do aluno, desafiando os modelos tradicionais de avaliação.

“O processo de criação de projetos de mídia é algo muito desafiador, pois vai resultar em uma diversidade de produções se for dada aos alunos a oportunidade de escolher formatos narrativos. Avaliar essa diversidade não é tarefa fácil para o professor”, explicou.

Ochs enfatizou “a importância de o aluno saber como que se constrói uma ideia e fazer a apresentação dessa perspectiva, de modo convincente, conhecendo os recursos técnicos e narrativos”.

Segundo Mariana Ochs “é fundamental levar em conta o direito de voz e escolha do aluno, favorecendo assim o desenvolvimento da criatividade crítica”, declarou.

Para ela “há a possibilidade de recortes diferentes do mesmo assunto, a importância de amparar a investigação e de ajudar os alunos a criar”, complementou.

Objetivo
De acordo com Mariana Ochs, “o aluno tem a possibilidade de escolha dos formatos de apresentação diferentes, tais como: infográfico, em um vídeo, minidocumentário, em quadrinhos e no Tik Tok, declarou”.

Ela ressaltou ainda “que antes de avaliar é importante apoiar a construção, com o uso de um roteiro, levando o aluno passo a passo detalhadamente, a formular uma pergunta norteadora, depois a começar uma investigação com o entendimento de quais fontes são confiáveis e adequadas para determinado assunto”.

Para ela, “dentro desse universo de perspectivas no qual, o aluno estará descobrindo coisas novas, ele poderá optar por um recorte interessante e daí ele poderá escolher qual é a história que ele quer contar e como contar”, concluiu Ochs.

Recursos

Rubricas para a criação de mídias. Aqui.

Plano de aula. Aqui.

Glossário interativo. Acesse aqui.

Guia físico da Educação Midiática disponível na Amazon. Acesse aqui.

Guia da Educação Midiática gratuitamente. Acesse aqui.

Para assistir ao vídeo com Daniela Machado e Mariana Ochs na íntegra, clique aqui.

Foto de João Costa

João Costa

Jornalista

Jornalista, desenvolve um trabalho com o propósito humanitário por meio da: "Filosofia da Evolução das Relações Humanas”.

Voltar ao topo
FAÇA
PAR—
TE

Venha para nossa rede de educação midiática!
Fique por dentro das novidades

Receba gratuitamente nossa newsletter

Siga nossas redes sociais

Que tal usar nossa hashtag?

#educamidia

Utilizamos cookies essenciais para proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de privacidade.

Política de privacidade